Rádio Mundial - FM 95,7 - AM 660 - voltar para a home

Previsões para sábado, 26 de julho de 2014.
Autor: Oscar Quiroga

O ARDOR

Data Estelar: Lua é Nova em Leão.

Faze as pazes com teu coração, renova o ardor que te faz ser quem Tu és. Não lembras que ardor seria esse? Então dedica o dia a atualizar a consciência das vezes em que te envolveste com plenitude em algum acontecimento, ou com alguém. Identifica o que sentias nesse momento, teus pensamentos, aquilo que te propuseste fazer em nome do futuro, pois o que sentias nesse momento era maior do que o próprio acontecimento. O ardor interior que te faz ser quem Tu és é o que te eleva acima da banalidade, quando irrompe Tu não és mais um ser humano comum, és mais e o sentes com toda clareza, e o mais interessante de tudo é que essa elevação não se parece nem um pouco com a falsidade da arrogância, é uma elevação que respeita, pois reconhece a comunhão e sabe que todos são capazes de experimentá-la.
Está difícil colocar as coisas na trilha que você acharia desejável, porém, é necessário persistir, pois o início é difícil, mas depois as coisas tendem a ser bem mais suaves. Insista e persista, tudo vai mudar.
As pessoas cultivam certa medida de querer ser enganadas e, por isso, acaba acontecendo. Porém, quando ocorre, elas levam um susto e se sentem ofendidas. Esse é o despertador que aciona uma nova possibilidade de ser.
Grandes momentos se caracterizam por tensões enormes, difíceis de suportar. Grandes momentos não são para os fracos de espírito, mas para aqueles que sabem suportar a tensão sem perder a cabeça, sustentando a visão.
Quando o véu do engano é levantado e a verdade aparece de forma clara e contundente, nada poderia ser feito para voltar atrás, isso muda tudo e para sempre. Porém, a verdade não surge sozinha, mas porque você a busca.
Bons momentos não hão de ser obscurecidos por fantasmas de questões que nunca aconteceram nem têm a perspectiva de acontecerem, por isso são fantasmas apenas. Esses fantasmas têm sobre você o poder que você lhes outorgar.
Há coisas que precisam acontecer para que caia a ficha. Nenhuma das pessoas envolvidas neste momento faz menção de conceder terreno para as outras apresentarem suas idéias. Essa é uma situação que precisa de correção.
O clima de pessimismo que circula por aí é tamanho que não pareceria possível resistir e anulá-lo. Porém, não apenas isso é possível como também, se enxergar com bom senso, você verá que nada disso é com você.
Enquanto você estiver numa cruzada para destruir as idéias com que discorda, não poderá desenvolver o que considera novas idéias. É necessário libertar-se e pensar de forma verdadeiramente independente, sem adversários.
A tentação de chutar o pau da barraca é muito sedutora, sua alma está cansada de segurar tanta tensão e de as coisas não saírem do lugar. Porém, chutar o pau da barraca só provocaria alívio temporário, nada além.
Há questões que precisam chegar ao fim para só então ganharem novo fôlego e se renovarem. Evitar essa situação extrema seria preservar um sofrimento que se sustentaria infinitamente sem encontrar solução.
Nada haveria que você poderia fazer para minimizar os problemas alheios neste momento, pois, inclusive, isso seria arriscado, já que sua força poderia se voltar contra você. Temporariamente, deixe de lado sua vontade de ajudar.
Há exageros que precisam ser, no mínimo, reconhecidos. Tudo bem que você não possa fazer nada ainda para anulá-los e colocar tudo em ordem, mas é imprescindível que se reconheça a desproporção de algumas questões.

Pesquisar
0h
Aurio Corrá
Transcendental
1h
Marcelo Schimitd
Anjos e Arcanos
1h30
Josué Torres e Zilda Torres
O Elo da Esperança
Jornal da Boa Notícia: São Paulo lidera criação de empregos no país
Jornal da Boa Notícia: Remédios para doença pulmonar serão ofertados
Jornal da Boa Notícia: Exame evita biópsia de próstata desnecessária
Finlândia cria plano para erradicar cigarro
Pequenas empresas buscaram mais crédito
Educação faz cadastro inédito de alunos quilombola
Desenvolvimento Agência Dot.Streaming by Crosshost